Bandeira lilas, atenção! Passe Safe Sea®

Propósito e significado das bandeiras na praia, você sabe?

A cada verão, o Corpo de Bombeiros desempenha um papel heroico nas praias pelo país afora, salvando vidas e ajudando a manter os banhistas informados com importantes indicações de segurança.

Nos postos de guarda-vidas, as praias são constantemente monitoradas com métodos específicos, mas é preciso fazer com que as informações coletadas cheguem de forma rápida ao público. Sendo assim, os nadadores-salvadores utilizam bandeiras de diferentes cores para indicar aos banhistas e usuários o nível de balneabilidade, ou seja, os locais perigosos para se entrar na água e aqueles em que o mar está calmo e propício aos mergulhos.

Muitos acidentes podem ser evitados se essa sinalização for respeitada. Para isso, é essencial conhecer o que significam os diferentes tipos de bandeiras, que se distinguem entre si pela cor.

Veja a seguir as mais comuns encontradas nas praias brasileiras.

Bandeira verde

Esta bandeira indica um baixo risco de afogamento – o mar está em boas condições de balneabilidade e não se verifica a presença de correntes de retorno. O risco de incidentes é mínimo.

Bandeira amarela

Na vigência desta bandeira, há um risco de afogamento médio. Os banhistas devem ter certo cuidado ao entrar na água. Nadadores inexperientes não devem permanecer na água sozinhos. Ondas mais fortes, correntes de retorno e outras condições adversas podem ocasionar acidentes.

Bandeira vermelha

A cor vermelha indica um alto risco de afogamento; portanto, não entre no mar. Há um alto risco de afogamento, por existir grande presença de correntes de retorno. Essas correntes são a causa de 95% das ocorrências de afogamento.

Bandeira preta

Esta bandeira indica que o posto está desativado e sem a presença de guarda-vidas. Isso servirá para o público ficar em alerta, pois saberá que não pode contar com a ajuda desse profissional.

Bandeira lilás

Essa cor indica que há presença de águas-vivas no mar da região. Esses animais, ao mínimo contato com a nossa pele, secretam um tipo de veneno  para o ser humano, causando muito dores na vítima. Portanto, quando os balneários estiverem com essa bandeira hasteada, devem-se buscar formas de proteção específicas, como o protetor solar Safe Sea®, que atua como um inibidor das ações causados por esses animais.

Além destas, o Corpo de Bombeiros utiliza, ao longo da orla, bandeiras para indicar locais tranquilos para mergulho e regiões perigosas, com correntes de retorno. Geralmente, são bandeiras triangulares na cor verde ou vermelha: verde indica que o local é mais apropriado para banho; a bandeira vermelha alerta para risco de afogamento.

Algumas bandeiras costumam vir acompanhadas por dizeres – por exemplo, “mar perigoso” ou “mar bom” ou “risco médio”. Contudo, é sempre bom saber identificar o significado das cores, para fazer uma leitura rápida e correta da bandeira mesmo à distância. Em alguns locais do país, as inscrições foram suspensas, uma vez que podiam levar a uma compreensão equivocada por parte dos banhistas – por exemplo, a inscrição “mar bom” poderia sugerir que não havia quaisquer riscos no local, o que é praticamente impossível garantir.

O Corpo de Bombeiros orienta que os banhistas procurem os postos de guarda-vidas em caso de dúvidas ou para obter mais informações sobre as condições do mar.

Adquira o seu Safe Sea® aqui e curta o seu verão!

Safe Sea® – Prevenção e proteção contra queimaduras de águas-vivas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *