mulher pegando sol em um dia de inverno

Proteção solar no inverno: é necessário?

De uma forma geral, as pessoas associam a necessidade de usar protetor solar à exposição ao sol. Isso quer dizer, na prática, que elas reconhecem a importância de proteger a pele ao curtir um dia de sol e calor plantado na areia da praia. Mas talvez devido precisamente a essa associação, quando chega o inverno, bate aquela dúvida: nos dias mais frios, será que faz muita falta não passar protetor solar todo dia?

Com a chuva e os dias mais nublados, a verdade é que muita gente acaba abrindo mão desse cuidado básico e isso é extremamente prejudicial para a pele. Nesse post, nós te explicamos tintim por tintim por quê. Vem com a gente!

 

Como age o protetor solar?

Primeiro, vamos entender rapidamente como o protetor solar age na pele e qual o papel que esse produto desempenha. Para isso, é necessário ter em mente que a luz que nos chega do Sol apresenta diversos tipos de raios. Um deles é o raio ultravioletra (UV), que se subdivide em dois tipos: UVA e UVB.

Os raios UVA são capazes de penetrar profundamente nas células da nossa pele, criando os chamados “radicais livres”, que são um dos responsáveis pelo tão temido envelhecimento, pois “danificam” as nossas fibras de colágeno e elastina, responsáveis pela elasticidade e firmeza da pele. Já os raios UVB só penetram na epiderme, a camada mais superficial da pele. Eles são responsáveis pelo almejado bronze, mas infelizmente também provocam queimaduras solares e câncer de pele.

Basicamente, por meio de uma reação química conhecida como “fotodegradação”, o protetor solar bloqueia parte desses raios solares, impedindo uma ação nociva sobre a pele. Os componentes do produto absorvem os raios UVA e UVB, fazendo com que essas as radiações percam energia e, portanto, efetividade.

Então, se no inverno está mais frio, nublado e chuvoso e sentimos menos os raios solares, por que ainda assim precisamos usar o protetor solar? Vamos entender como a radiação solar se comporta no inverno.

 

Como o sol age sobre a nossa pele no inverno?

Durante a estação mais fria, o sol, de fato, fica mais escondidinho entre as nuvens e a impressão que temos é que os raios nocivos, o UVA e o UVB, não estão chegando até nós. Esse raciocínio está errado.

A incidência de tais raios durante o inverno e em dias nublados é, de fato menor, principalmente a dos raios UVB, responsáveis pelo câncer de pele, mas nem por isso é inexistente. Em termos comparativos e estatísticos, é praticamente a mesma do que em certos dias ensolarados de verão. Para termos uma ideia, segundo uma pesquisa da Universidade Federal de Itajubá, divulgada em 2016, durante nos dias frios, a intensidade da radiação registrada no Brasil é comparável à que atinge a Europa durante o verão.

 

Então, definitivamente, no inverno o protetor solar também deve fazer parte da rotina de cuidado com a pele?

Sem dúvida. Com uma intensidade solar tão forte mesmo nos dias mais frios, é preciso não negligenciar os cuidados. Independentemente do seu tipo, uma pele não protegida pode sofrer com os efeitos de manchas, envelhecimento precoce e até mesmo câncer.

Sendo assim, é importantíssimo aplicar o protetor solar no rosto todos os dias do ano – independentemente de o dia estar nublado, de ser inverno ou mesmo de você estar em casa. Os raios UVA e UVB estão por toda a parte e, além disso, a própria luz que emana das lâmpadas e dos aparelhos eletrônicos, como computadores e televisores, é prejudicial.

Lembramos, ainda, que estes cuidados têm que ser redobrados em pessoas que estejam usando ácidos ou fazendo peeling ou tratamento a laser – são precisamente procedimentos mais comuns no inverno e que deixam a pele ainda mais sensível ao sol. Por último, vale sempre lembrar que o efeito da radiação solar é cumulativo e que as consequências podem aparecer vários anos após a exposição exagerada ao sol ou sem qualquer proteção.

 

Safe Sea: o protetor solar para a sua rotina de cuidados com a pele

Safe Sea é um protetor solar completo. Ele está enriquecido com agentes hidratantes e vitaminas B e E, que ajudam a manter a pele saudável e hidratada, o que é tão importante no inverno, altura em que a pele tende a ficar mais seca. Disponível no FPS 50, oferece uma alta proteção ao mesmo tempo em que conta com uma fórmula hipoalérgica, adequada para todos os tipos de peles, inclusive as mais sensíveis de crianças e adultos.

Por hoje, é tudo. Para continuar atualizado e receber nossas dicas, siga-nos no Instagram e curta também a nossa página no Facebook.

Até o próximo post!

 

Safe Sea® – Prevenção e proteção contra queimaduras de águas-vivas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *